Moreno agora faz parte do Mapa do Turismo de Pernambuco

20/09/2017

A cidade do Moreno entrou no Mapa do Turismo de Pernambuco junto com outros 48 novos municípios. De acordo com o Ministério de Turismo, neste ano, 103 cidades foram registradas com vocação turística, sendo distribuídas em 16 regiões. O levantamento do Mapa do Turismo Brasileiro foi divulgado na última quinta-feira (14.09).

O município foi inserido na região de serras e artes de Pernambuco, na categoria D. Segundo o gerente de Turismo da Prefeitura do Moreno, Eduardo Maranhão, essa categoria não possui um fluxo de turístico nacional e internacional expressivo, porém possui um papel importante no fluxo turístico regional e precisa de apoio para a geração e formalização de empregos em estabelecimentos de hospedagem. “A inclusão de Moreno no mapa de regionalização de turismo é a possibilidade que nós temos de mais um ministério que vamos poder fazer captação de recursos para estruturar não só o turismo, mas alguns equipamentos no município”, explicou Eduardo Maranhão.

Eduardo Maranhão destacou também a implantação de novas culturas na cidade, utilizando os equipamentos existentes. “Nós temos um projeto que é a requalificação do mercado público de Bonança, caraterizado como turismo de negócios. Também queremos incluir o mercado público de Moreno, que é um prédio secular, com uma estrutura linda e que podemos copiar projetos que deram certo em outros municípios onde possuem eventos periódicos, movimentando o turismo na cidade”, disse Maranhão.

Um ponto que será trabalhado em Moreno é o turismo sem pernoite, afinal, o município possui apenas um hotel. O fato contribuiu na categoria D do Mapa do Turismo Brasileiro. “Hoje em dia o turismo não é mais caracterizado como antigamente onde dizia que uma viagem turística quando a pessoa pernoitava, ficava mais de 24 horas no local. Hoje já existem estudos que o turismo basta você se deslocar da sua localidade e ir curtir ou passar um dia aproveitando o que outras localidades têm a oferecer”, afirma o gerente de Turismo.

Novos projetos também serão implantados em Moreno, com objetivo de mostrar a cidade e sua história. “Vamos começar a criar uma rota do açúcar e seus casarões, afinal temos o segundo maior engenho de cana de açúcar do Brasil, por isso temos que aproveitar essas riquezas para fazermos um bom trabalho turístico no município”, concluiu Eduardo Maranhão.

Compartilhe: