Amupe participa do evento Mobilização pelo Emprego e Produtividade, do Ministério da Economia

5 de setembro de 2019

A Associação Municipalista de Pernambuco – Amupe, por meio do seu presidente, José Patriota e demais gestores, participou na manhã de hoje (05/09) do lançamento do programa Mobilização pelo Emprego e Produtividade, em Pernambuco. O evento é uma iniciativa do Ministério da Economia, por meio da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade realizado em parceria com o Sebrae e com o governo do Estado. O principal objetivo do programa, que vai aportar em todas as capitais brasileiras até 2020, é mapear entraves que prejudicam o desenvolvimento da economia local e apresentar soluções em prol da competitividade.

O evento contou com a presença do secretário especial de produtividade, emprego e competitividade, Carlos da Costa; do presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles; do secretário da micro e pequena empresa, qualificação e trabalho de Pernambuco, Alberes Lopes, representando o Governador Paulo Câmara; do presidente da Fiepe, Ricardo Essinger; do presidente da Femicro/PE, José Tarcísio; do diretor regional do Sesc Pernambuco, Oswaldo Ramos; do presidente da Fecomércio/PE, Bernardo Peixoto e do presidente da Faepe, Pio Guerra.

O secretário especial de produtividade, emprego e competitividade, Carlos da Costa, representante do Ministério da Economia, frisou a importância de um evento como esse para aliar ações em prol do desenvolvimento econômico brasileiro. Para ele situações como “impor burocracias, exigências absurdas, fiscalizações arbitrárias, normas ultrapassadas, excesso de regulamentos mais tem atrapalhado do que ajudado o país. Então essa mobilização tem como principal objetivo ouvir a situação de cada região para entender os problemas e tentar viabilizar políticas públicas que possam simplificar o cotidiano de empresas e trabalhadores”, concluiu.

Pernambuco é o 6º estado a receber o programa. O presidente da Amupe, José Patriota, destacou a diversidade de produção em Pernambuco, para ele “aqui nós não temos só monocultura, aqui nós temos de tudo um pouco. E o mais importante é a capacidade de inovação empreendedora para nossa gente. Isso é fundamental.” Patriota também destacou o papel Amupe como incentivadora de consórcios, segundo ele “nós (Amupe) incentivamos a criação de consórcios. São instrumentos multifinalitários que estão à disposição para implementar as políticas públicas em favor do crescimento”. completou.

A secretária da mulher da Amupe e prefeita de São Bento do Una, Débora Almeida, discorreu sua fala sobre a produção de ovo em seu município. São Bento do Una produz 7 milhões de ovos por dia, sendo a escassez de água o problema mais grave, segundo a prefeita. O prefeito de Toritama, Edilson Tavares, citou exemplos que aconteceram em Toritama para demonstrar a burocracia que existe para manter uma empresa no Brasil. Seguido dele o prefeito de Triunfo, João Batista, falou da rede hoteleira da cidade e pediu mais facilidade para atuação da categoria.

A prefeita de Lagoa do Carro, Judite Botafogo, destacou a produção de tapetes e a confecção de artesanato em geral no seu município e pediu um fácil acesso ao crédito por parte dos microempreendedores, além de destacar a implementação da disciplina de empreendedorismo no currículo das escolas de Lagoa do Carro. Além dos prefeitos listados acima, participaram do evento os gestores de São Joaquim do Monte, João Tenório e de Chã Grande, Diogo Alexandre.

Tendo em vista a desburocratização, o Mobilização pelo Emprego e Produtividade também lançou a plataforma Mobiliza Brasil, canal pelo qual qualquer cidadão pode sugerir melhorias para o ambiente de negócios de sua região. A ferramenta já está disponível nas lojas de aplicativo Apple Store e Google Play e permite reunir sugestões e organizar dados que servirão de base para a elaboração de políticas públicas. Pelo endereço https://mobilizabrasil.economia.gov.br os empreendedores também podem participar indicando os principais obstáculos que serão ranqueados de forma inteligente para alinhar políticas públicas mais eficazes.

 

 

 


Topo ▲